Templates da Lua

Histórico

+ veja mais

Votação

Dê uma nota para meu blog

Outros Sites

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular

Visitante Número

Créditos

Templates da Lua

12/06/2010

O Amor é para todos???

Oh, chuvoso, deprimente e fatídico Dia dos Namorados!

São Paulo amanheceu com essa cara, com o clima perfeito para o dia dos namorados, chuva, frio, perfeito para fazer um programinha a dois! Mas nessa hora eu me pergunto, de todos esses relacionamentos que vemos por ai, seja de uma celebridade até uma pessoa mais próxima de nós ou não, quantos desses relacionamentos são verdadeiros, quais destes realmente prevalece o amor e quais deles sobreviveram a essa data?

Dizer um " Eu te amo" sem realmente amar, é se iludir e enganar uma pessoa com a frase que mais machuca, não pela sua conotação romântica, mas pelo seu significado quando tudo está a ruir. Sentir que alguém lhe ama e no fim saber que aquele sentimento não passava de uma mera paixão. Ah! Paixão, sentimento que nos queima por dentro, nos proporcionando momentos maravilhosos, cheios de desejos, mas na maioria dos casos, definha como uma rosa, deixando rastro de dor.

Quantos de nós sabemos o que é amar, de verdade, não aquele amorzinho fingindo e sem graça que a paixão nos proporciona por alguns momentos?

O amor é realmente para todos? Creio que não!!!

Não são todos os seres humanos que tem a capacidade de olhar com ternura mesmo durante o erro da pessoa amada, saber corrigí-la sem ser agressivo, saber perdoar mesmo quando não se merece, ser paciente mesmo quando tudo está para explodir, ser muito mais amigo do que amante, por que o sexo, a sensualidade, o atrativo do corpo, um dia vai embora, e se não tiver uma amizade, bom diálogo, para que continuar juntos se o que se sentia era paixão ela já se foi e o amor nunca apareceu?

O amor é muito mais do sexo, presentes, frase de "Eu te amo" jogadas ao vento sem saber onde vão parar e nem o que pode causar na outra pessoa.

O amor é descobrir aos poucos o que aquela pessoa tem que fez você se encantar por ela, o que você sentiu na essência da pessoa para amá-la cada dia mais, a cada dia que passar fazê-la mais feliz do no dia anterior. Amar exige sacrifícios sim, doação, paciência, cumplicidade, amizade, lealdade, perseverança e outros ingredientes.

O amor é para poucos, porque é grande demais, são poucos os que tem a estrutura necessária para aguentar este peso delicioso e um tanto quanto intrigante.

Fico abismada quando vejo casos na TV de casais que se acabam sempre com o mesmo fim, a morte. O centro disso é o "amor" que sentiam. Até onde eu saiba, quem ama não mata, não bate, não xinga, não humilha e nem tenta destruir a vida de quem quer que seja, independente do motivo. Esse "amor enciumado e egoísta" que tem causado grandes tragédias, destruído famílias inteiras, pessoas inocentes, vítimas de um amor doentio.

Isso não é amor!!!

Se você que está lendo este post, acha esse conceito de amor um tanto quanto diferente do seu, reavalie o seu relacionamento, não diga um " Eu te amo" sem amar, amar é mais que dar um Ipod Nano, uma calça da Calvin Klein, um ursinho de pelúcia, isso é material, no final isso não vai importar.

Se é para dizer um "eu te amo" sem amar, é melhor ficar calado e pensar se esse relacionamento é o que você quer e acha que é o melhor, não só para você como para a outra pessoa também.

E também, ficar com uma pessoa por dó, é tão doloroso quanto uma traição.

Pensem nisso, faça o seu relacionamento sobreviver a esse 12 de Junho! E não deixe ele se tornar um amor de verão que não sobe a serra no final da temporada.

Se é amor, você vai estar como ela e ela com você quando tudo estiver ruim, vai ser seu apoio, seu refúgio. O amor verdadeiro sobrevive a todas as tormentas!

Feliz 12 de Junho, Felis Dia dos Namorados!!!

E que Deus os abençoe!


Escrito por Ísis às 09h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

28/02/2010

Falta Deus no coração da humanidade

Pode até parecer mais um artigo católico falando o quanto o amor de Deus é importante para nós e que sem sacrifícios não há como se obter esse amor.
Me ponho a pensar que se todos tivessem esse amor, essa força de Deus em sua vida, em seu coração, as coisas no mundo inteiro poderiam ser bem diferentes.
Não entendo o porque de igrejas ficarem se atacando, países em guerras constantes, intermináveis. Dizem que é em nome de Deus, mas garanto que ele não pediu pra ninguém ficar se matando e nem matar ninguém.
Não pediu para os homens serem gananciosos, mesquinhos e cruéis com seus irmãos.
Ele não pediu para seus filhos entrarem em uma "Guerra Santa", acabarem com uma população inteira.

Muitas vezes ouço como as pessoas falam tanta besteira: " Se Deus me amasse, ele fazia alguma coisa por mim", " Se ele me ama por que ele me deixa assim?"
Simples, falta sacrifício por parte da pessoa, falta amor, não aquele amor cego e doentio que vemos todos os dia pregados em programas sensacionalistas (isso não é e nunca foi amor). Um amor que constroí, que perdoa, que acalenta, que tudo supera, tudo suporta. Não estou falando de ser trouxa e deixar os outros te darem uma rasteira.

Hoje, está tudo tão rápido, prático, vulgarizado, escrachado e demasiado, que ao invés de Deus ser o nosso orgulho, a nossa vida, ele se tornou para a minoria (Graças!) a vergonha, quantas vezes já vi gente com vergonha de falar para os amigos que são religiosas (independente de qual religião) por medo, vergonha.

Gente, leiam o texto abaixo e reflitam o que vocês fazem de suas vidas, não estou pedindo para você virar santo (porquê ninguém é), mas que vocês pensem sobre as atitude que você tem ao longo do dia, com sua família, seus amigos, colegas de trabalho, ás vezes, pequenos gestos, mudam grandes coisas:

QUANDO OUVIMOS DE DEUS


Mateus 7:24 Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que
edificou a sua casa sobre a rocha.


Visão: Um anjo para cada pessoa e o anjo pedia o coração. Algumas pessoas entregavam o coração e outras tinham resistência, mas quando olhavam o anjo entregavam o coração. Os anjos saíam e em um ambiente especial tratavam os corações e tiravam as imperfeições e os corações eram devolvidos de forma renovada. As pessoas ficavam maravilhadas com a nova operação e transformação dos corações. A operação era maravilhosa e as pessoas recebiam a alegria maravilhosa de Cristo – 05.04.2009.


A palavra de hoje faz parte de uma resposta sobre como nos aproximamos de Deus, onde aprendemos que ouvir a Deus é nada mais que vivermos a sua Palavra. Temos que ter essa referência diante de Deus.


Colocamos como exemplo a vida do rei Saul; uma vida trágica. Morreu por causa do seu pecado, que era não ouvir a Palavra de Deus e seus filhos
também morreram. Mas não somente eles morreram, mas toda a sua nação morreu.


No Velho Testamento temos como mandamento que não podemos amar nada ou ninguém mais do que amamos a Deus. Deus é fiel e enviou o próprio filho para salvar-nos. Temos que ouvir a Palavra de Deus assim como Jesus Cristo ouviu, Ele ouviu a cada instante a voz de Deus Pai. Grandes homens e mulheres que foram grandes servos de Deus também ouviram a voz de Deus.


Quando nos afastamos de Deus, ouvimos a voz do mundo e deixamos de ouvir a voz de Deus e o nosso coração se endurece.


Quero compartilhar como os homens ouviram a voz de Deus.


- Abraão deixou sua parentela aos 75 anos e até decidiu sacrificar seu filho Isaque porque ouviu a voz de Deus. Naquele momento dizia a Isaque que Deus proveria o cordeiro. Certamente Isaque entendeu que seu pai ouviu a voz de Deus do mesmo jeito que ele próprio claramente naquele momento. Isaque viveu uma vida harmoniosa porque sempre ouviu a voz de Deus.


A morte da espiritual acontece não é porque não ouvimos a voz de Deus, mas sim porque não a praticamos. A Bíblia é clara em Mateus 7:24-27, quando fala do homem prudente e do insensato; um construiu a sua casa sobre a rocha e o outro sobre a areia, todos os dois ouviram, mas só um praticou.


Graças a Deus todos têm problema nas suas vidas, todos têm uma tempestade na vida, pois assim saberemos se somos prudentes ou insensatos, se a nossa casa está sob a rocha ou sob a areia. Não adianta falar e repetir que tem fé, isso é papo furado! Sabemos quem realmente é filho(a) legítimo do Senhor quando a tempestade passa pela sua vida. Assim sabemos quem é sábio ou não.


Jesus Cristo se dedicava a ouvir totalmente a voz de Deus e fala que nada pode fazer de si mesmo (v.30) – Ele era o próprio Deus e dizia isso, portanto
pensemos: “Quem somos nós”? – Jesus mesmo diz que até o seu julgamento vem porque Ele ouve a voz de Deus e se submete a ela.


Como ouvir então a voz de Deus, o que precisamos aprender para ouvi-la, o que nos atrapalha a ouvir a voz de Deus? Se você conseguir retirar o que atrapalha, logo estará ouvindo a voz de Deus. A pessoa fala que vai começar uma nova vida, mas não tira o caráter do velho homem. Quem ouve a voz de Deus tem que retirar muitas coisas...


Quando Deus promete que não se esquecerá de nós, Ele realmente não se esquece. (Is 49:14-23) Deus disse claramente que não vai nos esquecer, mas como não ouvimos a voz de Deus e não a praticamos, achamos que Deus nos esqueceu. Moisés não ouviu a voz de Deus e se tornou um assassino fugitivo. Êxodo 2:23-25 nos mostra que o povo começou a clamar, Deus ouviu e lembrou da Sua promessa. Deus está olhando e observando toda a sua vida, esperando o momento de agir. Deus conhece todo o sofrimento do seu povo, chega o momento e Deus age. (Ex 3:7)


Geralmente usamos o texto de Apocalipse 3:20 para evangelizar, mas este versículo era destinado à Igreja Laodicéia (v.14) diz que é preciso ter arrependimento e pois Jesus bate à porta, mas se alguém ouvir a sua voz, Ele entrará e fará novo relacionamento.


A Palavra de Deus mostra claramente que o filho de Deus conhece a voz de Deus e tem que ouvir essa voz. (João 10:3-5) Por isso temos que se remover a complexidade espiritual.


O que interrompe a ligação:


Pecado: Mesmo em pecado é possível ouvir a voz de Deus e em Gênesis 3:8-10 vemos que Adão e Eva ouviram a voz de Deus depois de haver pecado. Em Gênesis 4:9, mesmo pecando Caim ouviu a voz de Deus e Deus diz ao pecador para conversar com Ele e mesmo que seu pecado seja como sangue, se tornará como a lã. (Is 1:18)


Falta do Amor: Quando não amamos não dá pra ouvir. Se você ama o Senhor, você começa a distinguir a voz de Deus da voz do mundo. Sabe quando é a voz de Deus ou do seu próprio egoísmo. Amor não tem nada a ver com cálculo e não adianta tentar fazer “contagem”, quando fizer isto, neste momento, você deixou de amar a Deus. Se você entendeu a Palavra de Deus, você deixa de fazer seus cálculos.


Uma pessoa deixa de amar a Deus porque amou mais a glória dos homens do que a glória de Deus. (João 12:43)


As vezes estamos tristes, fracassados, angustiados, derrotados, decepcionados, parece que vivemos em outro mundo??? Porque não alcançou a glória dos homens??? Porque o amor fracassou. (pensamentos mórbidos, suicídio) Até um profeta de Deus pensou em se suicidar, mas veio após o terremoto a voz suave de Deus. (1ª Reis 19:12)


Querendo ou não, ouvimos a voz de Deus. Viemos aqui e sempre ouvimos a voz de Deus, não importa nosso pecado, vamos nos arrepender. Vamos retirar a complexidade da nossa vida. Muitas vezes Deus está falando, mas queremos ser alguém especial, queremos ouvir a voz dos homens. Deus continua batendo à nossa porta, recebamo-lo!"


Escrito por Ísis às 09h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

19/02/2010

Uh, cadê? O pudor sumiu!!!!

 Quando a gente acha que já viu de tudo nessa vida, ela dá um jeito de nos dar uma rasteira em nós e mostrar o que ainda não vimos nada. Pois bem, no carnaval de Salvador (que é um carnaval de gente super comportada, fina e elegante, kkkkkkkkkkkkkk), policiais militares flagraram em plena luz do dia, um casal completamente nu namorando (para não falar transando ao ar livre como se não houvesse ninguém olhando, se não passassem crianças) às margens de uma praia em Salvador (BA). Armados com cassetetes, os PMs insistiram para que os jovens vestissem as roupas mas só depois de alguns minutos eles obedeceram. Do outro lado, um grupo de curiosos observou toda a movimentação e a todo tempo acenava para o casal e os policiais.

 Nem sei o que falar direito, atualmente a mulherada anda debochada demais, aceitar fazer isso em plena luz do dia em local público. E o cara, será que o acra era tão duro assim para não ter grana para o motel?
Valores morais completamente distorcidos e jogados no lixo. Eu tenho 22 anos e fico muito constrangida quando vejo esse tipo de coisa. Fico envergonhada pelas as que não tem um pingo de vergonha na cara e nem valor.

 Até uns 6 anos atrás, existia um certo pudor, ainda dava para se evitar esse tipo de loucura, mas hoje em dia está tudo muito desvalorizado. Será que por nenhum momento passou pela cabeça dos dois o quanto isso é errado? O quanto isso é imoral? O quanto é sujo? Fizeram sem pudor algum em uma praia, na frente de todo mundo.

E uma coisa tem passado na minha cabeça: Eles já se conhecia? Será que esses dois eram namorados? Será que ela pensou que poderia engravidar? Se são, que tipo de namorado faz uma proposta dessa, uma coisa tão suja desse jeito? E a garota que tipo de coisa passa nesse cérebro de minhoca para aceitar isso? Não pensaram na vergonha que seria para os pais ao verem isso?

 A cada dia que passa, vejo todos os valores morais da sociedade sumindo, como se isso fosse um completo lixo, não vale de nada.
Acho tão bonito ver um casal com um certo zelo pelo o outro, mostrando um amor bonito, independente se rola sexo ou não (que no meu ver, estraga todas as relações).

 Estou tentando entender o que se passa na cabeça dos jovens de hoje, que vão para micaretas, bailes funks, usam drogas, transam com qualquer um sem saber se a pessoa é portadora de alguma DST, banalizando as mulheres, as próprias mulheres se banalizando também. Esse mundo está ruíndo em seu moralismo e ninguém percebe.

Imagino as mães como ficam, decepcionadas ao ver que aquele bebê que saiu de seu ventre, que foi criado com tanto amor, hoje se tornou uma vagabunda qualquer ou o filho um drogado.

Nem sei como terminar este post, só sei que estou tentando entender o que está acontecendo. Poucas pessoas acreditam, mas Deus nessa hora, independente de religião, faz tanta mas tanta falta na vida de cada. 

 


Escrito por Ísis às 20h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

29/01/2010

Lula contra a vida!

Fiquei boquiaberta com a última proeza do nosso e excelentíssimo presidente da república, Li a matéria no site repórter diário, vou colocar aqui para vocês:

Lula PT x A Vida

Orlando Morand

No último mês de dezembro o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou o decreto do 3° Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), que é um programa do governo federal. Os outros dois anteriores foram publicados durante os mandatos de Fernando Henrique Cardoso.

Neste novo projeto que o presidente Lula assinou entre várias propostas apresentadas ele quer a criação de uma comissão da verdade sobre a ditadura, a revisão da lei de anistia, a legalização de casamento de homossexuais, a ampliação do controle social dos meios de comunicação e a legalização do aborto.

Vou focar a minha crítica neste texto apenas para a legalização do aborto, mas não concordando com os demais pontos também.

A liberação do aborto fere o artigo 5º da Constituição Federal que claramente assegura “o próprio direito à vida”, assim redigido: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: ...”

Se o aborto for legalizado imagina quantos jovens e adolescentes irão abortar seus filhos? Isso porque o número de mulheres grávidas nessa faixa etária é grande e normalmente são elas as primeiras a pensarem neste assunto. Os motivos de fazer uma barbaridade dessas normalmente são porque são novas, tem medo da reação dos pais, da reação da sociedade ou até mesmo do namorado.

Sou completamente contra a legalização do aborto. O presidente Lula deveria se conscientizar que a prática do aborto, não difere em nada dos crimes mais bárbaros praticados contra a vida. Tenho convicção clara que só Deus dá a vida e só cabe a ele tirar. Não cabe aos seres humanos decidir quem vive e quem morre.

Em minha opinião, aborto só pode ser permitido em caso de estupro ou gravidez de risco, previsto no código penal art. 128, que autoriza o aborto nestes casos, ou bebês acéfalos, mediante autorização judicial.

O que me faz acreditar nessa vontade do presidente Lula novamente querer legalizar o aborto deve ser o forte lobby da indústria farmacêutica, que seguramente seriam as que mais lucrariam com essa prática criminosa.

O pior de tudo é saber que o nosso presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, assinou um decreto tão importante como o PNDH - 3 sem nem ao menos ter lido o documento.

Orlando Morando é deputado estadual".

Quando a gente acha que o nível de babaquice desse presidente acabou, ele nos surpreende. Já que ele assinou esses decretos sem nem ao menos ter lido (o que me faz crer mais ainda que ele é mais analfabeto do que a gente pensa!) por que não assinou também a Legalização da Maconha?! Por que é só o que está faltando agora. Já que é para liberar, liberar logo tudo de uma vez, esse país não tem futuro mesmo,né!

Ora essa não quer ficar grávida, previna ou melhor, não faça. Meios de se previnir existem, mas ninguém quer.
Hoje em dia é tudo tão bonito, tão lindo, tão normal. É fantástico ver uma criança de 10,11 anos grávidas. Crianças com crianças. Mas não significa que isso seja caso de aborto, o contrário, é uma questão de educaçao sexual. Mas eu percebi que nossos governantes estam preocupados demais em guardar dinheiro na meia e na cueca, do que investir de fato em educação. Para ele é mais fácil ver uma criança ir para um consultório de monstros, que nem de médico dá para chamar uma pessoa que atenta contra a vida dessa forma, logo vários médcos que passaram anos estudando e fazem uma promessa ética de nunca desonrar a vida, fazem essa palhaçada.

Por que ele não assinou nenhum decreto sobre redução de maioridade penal?
Por que ele nunca quis dar uma opinião formada sobre as pataquadas que acontecem no circo construído por Niemeyer?

Na boa, não vejo a hora do mandato desse "sindicalista" de quinta acabar, só espero que o outro não seja tão burro e desnecessário como esse pudim de pinga!

Estou revoltada!

                      


Escrito por Ísis às 08h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

19/01/2010

Solidários sim, mas nem tanto!

 É engraçado ver que a maioria das pessoas só pensam em solidariedade em época de festas de fim de ano ou quando acontece uma tragédia, como a última que aconteceu no Haiti.

 Por que só nos lembramos do frio quando sentimos frio, da fome quando temos fome, do calor quando sentimos calor, das alegrias quando nos lembramos de bons momentos? Talvez a resposta seria: porque sentimos falta! E justamente a falta de solidariedade é que prejudica o mundo. Hoje, para maioria das pessoas, não existe em seu dicionário a palavra solidariedade ou talvez seu significado não esteja bem claro. A maioria das pessoas que a pratica, não pratica com amor ao próximo, mas sim porque em passam em suas cabeças: "Deus está vendo como sou bom, olha mereço ir para o céu, estou fazendo coisas boas pelos outros". Quem dera fosse só a entrega de um quilo de feijão que permitisse a entrada no céu ou o perdão de todos os pecados.

 Existem outros colegas e pessoas que poderíamos citar como Betinho, que praticou e deixou sua eterna campanha contra fome, justiça, a desigualdade social.  Praticar a solidariedade não é doar só quando se lembra, não é dar comida a quem tem fome, não é dar água para quem tem sede, é dedicar parte de seu tempo para quem precisa de ajuda. A doação faz parte das inúmeras coisas que podemos fazer na hora de sermos solidário. Não é a doação que lhe faz solidária, e sim a vontade de ajudar ao próximo. Obrigação ou ajuda? Acho a palavra obrigação muito forte, e não gosto de usá-la. Temos a escolha de ajudar ou não, ai vai da consciência de cada um.

 Quem é solidário por obrigação não é solidário. Faça isso por amor. Já ouvi diversas vezes pessoas falarem: eu não tenho tempo, ando tão atarefado, já basta minha casa, tem que faça por mim, e ainda alguns dizendo: “ninguém faz nada por mim, por que eu faria pelos outros?”, Ora essa! Cristo fez por todos e poucos foram o que fizeram por ele antes de ser crucificado, mas mesmo assim ele não deixou de amar ninguém. Até os dias de hoje ele ama e ajuda em quem nele confia.

 Responsabilidade social é ser solidário? Acredito que sim, desde que seja feito de coração, porque quer de verdade, por que gosta, sentir o problema do outro, deixar pra lá o orgulho, praticar o carisma, a empatia, é amar sem ter que ser amado, lembrar do próximo em todos os momentos que temos a oportunidade de praticar o bem, ser amigo oculto. Pratique, tente, não desista, faça o bem sempre que possível, seja um voluntário oculto se quiser, doe por vontade de doar. Já que é fácil dizer: “não custa nada doar”, então dê tudo que tem! Seja um cidadão, seja um brasileiro solidário!

 Não estou falando só das vítimas do Haiti, as de Angra também, ninguém nunca mais falou nisso, impressionante. Mas não é preciso que aconteça um tragédia para que a gente possa ajudar alguém, próximo da sua casa deve ter alguma família mais necessitada, ajude-os. Não precisa ser uam coisa grande como Zilda Arns, Betinho, entre outros fizeram, pode ser pequeno, mas desde que seja de coração.

                      


Escrito por Ísis às 13h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

20/12/2009

Amor

Por que passamos a vida inteira a buscar um amor, a pessoa certa, a nossa "alma gêmea"? Será que a nossa solidão é tão grande assim, que não possamos viver felizes e bem sozinhos?

Sempre ouvi a minha vida inteira a frase: " O ser humano não nasceu para viver sozinho, por isso os outros também foram criados".
Bom, de certa forma essa frase é verdadeira, mas será que precisamos de uma outra pessoa para nos completar, para preencher espaços vazios e mal compreendidos por nós, para sermos felizes?
Felicidade não um estado de espírito que encontramos sozinhos?

Acredito que a nossa felicidade não depende de uma outra pessoa mas de nós mesmos.

Quantas inúmera e diversas vezes, corri atrás de outras pessoas tentando achar a minha felicidade, minha razão de viver, enquanto a resposta estava dentro de mim todo tempo e eu feito cega em tiroteio, não queria enxegar a verdade. Vi que a minha felicidade só depende de mim, do meu amor próprio e de mais ninguém.

Hoje após ter ouvido uma frase de uma das pessoas que me vi "acorrentada" na esperança tola e ingênua de ser feliz que, quando ficamos com uma pessoa é por que queremos e não por que dependemos ou precisamos dela, me dei conta que nunca amei de verdade na vida, que sempre e sempre repeti o mesmo erro. Me dediquei a quem não queria dedicação e se queria me dediquei de forma errada. Essas mesmas pessoas, me largaram, alguns dignamente, tiveram coragem o suficiente de por um fim, outros resolveram tomar a decisão dos covardes: Fugir.

Mas não sinto raíva de nenhum dos dois, poís de certa forma eles vieram para contribuir de alguma forma em minha vida. Com isso, estou crescendo da forma mais dura, pois foi o caminho que escolhi para mim, e sei que ainda tenho muito para aprender.

Como todo mundo ,bom como quase maioria das pessoas, quero encontar alguém legal, sei que não existe o principe encantado montado no cavalo branco vindo me salvar da minha torre de infelicidade e solidão, isso deixou de existir faz muito, mas muito tempo. Mas ainda tenho a velha e boa esperança de ter alguém do meu lado para o resto da vida, sou como qualquer um, também sonho com isso. Mas agora entendo, se eu própria não me amar, não me fazer feliz, ninguém vai.

Por tanto se amem antes de amar alguém. E confie em Deus, ele vai sabe quando a pessoa certa vai chegar para cada um de nós.

 

               


Escrito por Ísis às 23h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

16/12/2009

Surpresas da Vida

 Há coisas totalmente surpreendentes em nossas vidas. Quem diria que seus inimígos se tornariam seus verdadeiros amigos e os amigos, completos inimigos?

 Eu me vi nesta situação e sinceramente não sei dizer, o que realmente aconteceu. Valores morais completamente distorcidos diante de meus olhos.
Acho que acordei para a realidade e vi a verdadeira situação que acontecia a minha frente, me deixei iludir, por outros que tanto achava que eram meus amigos, mas no final acabei descobrindo o contrario de tudo isso. "Amigos" me apunhalando pelas costas sem eu saber. Quando descobri e resolvi pagar com a mesma moeda, não gostaram e se viraram completamente contra mim. Sei que não fui santa, aprontei e muito. Me arrependo de ter feito o mau? Sim, não me senti bem depois do que fiz, mas já estava feito o que poderia fazer. Foi nessa hora que meus "inimigos" me puxaram para o lado da verdade e pude perceber o quanto tinha sido, tola, infantil, boba e até mesmo burra, por ter acreditado em quem não merecia a minha crença.

 Esses mesmo que eu julgava meus inimigos, hoje me apoiam, me dão força, não me dizem nada de errado, a única coisa que escuto deles em apoio é: " Uma hora a verdade aparece." E essa é a maior das verdades.

 Sei que é um post um tanto quanto confuso, mas não preciso entrar em detalhes, abrir toda a minha vida para tantos que mal conheço. Sei que poucos lerão isso, sei que muito menos serão os que entenderão minhas palavras. Mas o que posso fazer, a não ser esperar o julgamento dos mais entendidos e moralistas, que nunca olham para seu próprios erros, mas adoram apontar e julgar o dos outros.

 Nesse tempo que fiquei afastada daqui, não me sentia bem, desejava o mau. Fui tomada por uma coisa ruim e até perversa. Meus próprios e sombrios pensamentos.
Meus inimigos, viraram meus amigos. Será que fui a única a ter a mente envenenada pelos outros, por puro ciúmes, inveja e raiva? A ter que ver os inimigos dos outros como os meus também?
Depois de tudo que aconteceu comigo durante este ano de 2009, me ponho a pensar se somos tão influenciáveis assim. Em pensar que deixei, tudo aquielo em que eu acreditava, deixei a minha fé, a minha religião de lado para seguir este tipo de gente, até me envergonho.

 E sinceramente , não tenho a resposta. Mas existe uma frase de Rui Barbosa que me pôs a pensar: "Amigos e inimigos estão em posições trocadas. Uns nos querem mal, fazem-nos bem. Outros almejam o bem e nos fazem mal."


                              


Escrito por Ísis às 23h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/11/2009

Aprendendo com os problemas

 Quando estamos de frente com os problemas dos outros, vemos como os nossos são tão pequenos, mas não menos importante.Minha dor de ser traída e trocada é uma coisa pequena, insignificante até, diante aos problemas de 2 pessoas no meu trabalho.

 Uma está sofrendo a dor de não pode acompanhar a cirurgia da mãe e a outra está lutando para reverter o quadro de saúde de seu filho. Vendo estes problemas, logo me toquei que a dor que sinto é relevante, mediante à esses problemas. Fui traída, trocada e humilhada, de uma forma que nunca achei que fosse acontecer.

 Quando amamos, nunca esperamos isso da pessoa amada, principalmente quando ela é considerada e amada pela família inteira.

 Me machucou, me feriu e muito e à minha família também. Foi muito homem pra conquistar.
 Mas foi um verdadeiro moleque, bobo, burro e infantil para terminar, alias, foi a mãe dele que terminou, porque o babaca não foi homem o suficiente
de fazer isso (covarde!).

 Voltando ao assunto, uma não se arrepende nenhum pouco de atender o apelo do filho para ficar em casa e cuidar dele, um garoto de 4 anos.
A outra está percebendo quanto tempo ela perdeu em só arrumar brigas, discussões com sua mãe. Sendo que uma delas disse a coisa mais exata e realista do mundo: "A vida é curta".

 E isso me pôs a pensar e enfim entender: "Não vale a pena ficar triste, chorando, me machucando ainda mais do que já estou, ficar pensando
em alguém que nem se quer teve consideração por mim ou pelos meus sentimentos. Não vai adiantar de nada sofrer por alguém que não vale a pena.

Com fé em Deus, vou correr atrás do tempo perdido, dedicado à alguém que me magoôu, vou viver a minha vida, buscar minha felicidade, seja só ou
acompanhada, vou voltar a me amar, realizar meus sonhos, viver a vida, aproveitar cada minuto ao lado da minha família, que por pior ou melhor que seja
são os únicos que me amam de verdade.


Escrito por Ísis às 21h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

08/11/2009

JULGAMENTO

 Enquanto escuto Ben Harper, resolvi postar algo que há algum tempo vem me deixando a cada dia mais pensativa sobre isso.

 Por que temos infeliz mania de apontar o nosso dedinho sujo na cara das pessoas e julga-las, por seus atos? (o que engloba tudo,
desde o modo de falar, até o modo de viver). Como se cada um de nós fossemos mais direitos e mais perfeitos do que o outro.
 Me peguei fazendo isso esses dias, achei uma coisa tão tosca, tão ridícula, que fiquei com vergonha de mim mesma.

 Percebi que tudo o que julgava de errado nos outros acontecia comigo da mesma forma ou até pior. Castigo? Talvez!

 Porque julgamos uns aos outros se nem ao menos olharmos para nosso próprio umbigo?
Sei que essa palavras são de praxe e nunca seram mudadas, mas acredito que o que vemos de defeitos nos outros, são o reflexos dos nossos próprios defeitos, que nunca vemos, mas os outros que também julgam, veêm.

 Segundo alguns estudiosos é próprio do ser humano fazer um pré-julgamento no momento exato do primeiro contato e não adianta ser hipócrita
dizendo que isso não acontece, dizem que todo ser humano tem no cérebro uma região chamada amídala e ela é responsável por essa primeira impressão,
de acordo com uma matéria que saiu no jornal, se não me engano na folha de São Paulo, quase sempre ela está correta e pode ser treinada e aperfeiçoada
com o tempo, claro que não devemos nos guiar só por ela mais devemos tirar a prova real sempre, pois podemos estar enganados no nosso julgamento
e perder uma amizade importante e sincera em nossas vidas. As vezes somos injustos e julgamos as pessoas pela aparência pelo modo de falar...
Quando agimos dessa forma estamos errados e temos que corrigir nossa forma de agir...
Porque muitas das vezes aquilo que estamos vendo não é o que realmente é.

 Mas no fundo acho que é porque somos uns idiotas e não gostamos de nos sentir inferior a ninguém. Sentimos sempre que somos diferentes, que somos os melhores.

 Atrás de uma resposta mais concreta para isso, achei um blog o ASSOCIAÇÃO LIVRE, e achei um artigo justmente sobre isso.
E em um trecho que me chamou a atenção é mais um de praxe, mas que é bem realista e nunca enfiamos isso de vez em nossas
cabeçinhas teimosas e ocas:

"Julgar é fácil. A gente analisa a vida e as escolhas dos outros baseados na nossa história, nas nossas escolhas.
Difícil é parar para tentar entender as escolhas dos outros baseados na história de vida deles. Se colocar no lugar do outro e tentar entender porque
cada um escolhe o que fazer com sua vida, isso é complicado porque exige que nos retiremos do conforto da nossa vida para tentar entender outra realidade
completamente diferente da nossa. É fácil achar semelhanças, difícil é lidar com as diferenças."

Acho que tá na hora de cada um começar a entender e respeitar a decisão de vida de cada um, por mais que não aprovemos, respeitar é fundamental para que uma sociedade viva em paz.

                      

Ben Harper - In the colors


Escrito por Ísis às 11h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/09/2009

Felicidade

 O que é a felicidade?

 Felicidade é algo sem definição, ninguém até hoje conseguiu definir o que é felicidade. A felicidade é algo inexplicavel e por isso é algo sentido de forma diferente a cada pessoa.
A felicidade para um pode ser estar com a família e os amigos e para outros ter muito dinheiro ... e aí? o que é felicidade? qual a definição de felicidade?

 Para mim felicidade é ter ao meu lado as pessoas que me amam e para você o que é felicidade?
Você saberia definir?

 É estar bem consigo, se valorizar, se respeitar... saber conviver com as diferenças.. respeitar a opinião alheia.. enfim... viver intensamente?
É um bem material que te traz essa sensação boa? A dinheiro que pague isso? Felicidade se compra?
O que é necessário para ser feliz? Você é feliz?

 Bem este primeiro post é justamente para explicar o nome do blog, coisas cotidianas que acontecem com a gente que simplesmente nos dá uma sensação tão boa que as vezes
dá vontade de dividir com várias pessoas. O que te dá um pouco de felicidade na vida? Um chop com os colegas em um fim de tarde? Andar por várias lojas e fazer compras adoidadamente? Ser correspondido pela pessoa que ama? Um simples sorvete em um dia de calor? Um abraço? Bem, são várias coisas,mas cada uma com um significado importante para cada um.

 Por que corremos tanto atras da felicidade?

 Bom acho que essa e outras pergunta que viram por ai, serão respondidas com o tempo aqui no blog, nem sempre falando de felicidade, mas sobre cada coisa que acontece com a gente, ou as vezes passam rente a nossos olhos e nos sentimos impotentes, sem saber o que fazer. Sei que o posta está meio confuso, mas com o tempo vocês o entenderam.


Escrito por Ísis às 22h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]